Free Shipping for orders over 100,00€ in Portugal

Serviços de Mesa

Descubra as nossas colecções

Orient Garden

A dinastia Qing (1644 – 1912) foi a última dinastia chinesa, e a maior dinastia governada por estrangeiros (os Manchus da Manchúria, a nordeste da Grande Muralha). A dinastia Qing teve o contato mais externo. O pico da produção de cerâmica chinesa foi visto nos reinados de Kangxi (1661-1722), Yongzheng (1722-1735) e Qianlong (1735-1796), durante os quais houve melhorias em quase todos os tipos de cerâmica, incluindo o azul e branco.

Família Rosa

A dinastia Qing (1644 – 1912) foi a última dinastia chinesa, e a maior dinastia governada por estrangeiros (os Manchus da Manchúria, a nordeste da Grande Muralha). A dinastia Qing teve o contato mais externo. O pico da produção de cerâmica chinesa foi visto nos reinados de Kangxi (1661-1722), Yongzheng (1722-1735) e Qianlong (1735-1796), durante os quais houve melhorias em quase todos os tipos de cerâmica, incluindo o azul e branco.

Fauna Ibérica

Inspirado na fauna e flora da Península Ibérica, este serviço, desenhado pela Braz Gil, é uma criação em puro biscuit adornado com detalhes exclusivos. Este serviço é complementado por argolas de guardanapos e bases para copos e talheres.

Peónia Azul

A peónia era um símbolo da virtude feminina. A dinastia Yuan, oficialmente o Grande Yuan, literalmente “Estado do Grande Yuan” foi o império ou dinastia dominante da China estabelecido por Kublai Khan, líder do clã mongol Borjigin. Seguiu a dinastia Song e precedeu a dinastia Ming, de 1271 a 1381, usou as peónias para decorar tigelas e travessas.

Eternal Celadon

O Verde Celadon, da dinastia Goryeo (918 – 1392) era considerado o mais exclusivo de toda a história Coreana.

Options